Home » Dia » Liturgia de Sexta - 17-01-20 - Marcos 1,40-45

Liturgia de Sexta - 17-01-20 - Marcos 1,40-45

Evangelho do Dia

Aleluia, aleluia, aleluia.

Jesus pregava a Boa-nova, o Reino anunciando, / e curava toda espécie de doenças entre o povo (Mt 4,23). – R.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos – Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus e, de joelhos, pediu: “Se queres, tens o poder de curar-me”. 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero: fica curado!” 42No mesmo instante, a lepra desapareceu e ele ficou curado. 43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: “Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!” 45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Por que Jesus fica “irado” ao acolher o leproso? Jesus está indignado com a sociedade que, além de não curar os leprosos, os mantém afastados do convívio social e do culto religioso. Conforme mentalidade da época, o leproso é considerado impuro e excluído do Reino de Deus. Jesus, ao invés, tem vontade (“Quero”) de restituir-lhe a saúde (“fique purificado”) e reintegrá-lo na convivência social e religiosa. O Reino de Deus não exclui ninguém da salvação. Deus acolhe a todos, não somente os que cumprem certas condições de pureza física ou ritual. Por que Jesus pede ao homem curado para não divulgar o fato? Porque ele acaba de tomar posição pública contra a marginalização e contra a Lei que a prescreve; quer evitar que as autoridades o retirem de circulação, já que sua fama se espalhou por toda parte.

Oração
Ó Jesus, bondoso Mestre, compreendemos o motivo de tua ira diante do leproso. Tua indignação é contra a instituição religiosa que marginaliza as pessoas e despreza as vítimas da lepra. O Deus que revelas para nós é um Deus misericordioso, compassivo e que acolhe a todos. Amém.

(Dia a dia com o Evangelho 2020 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp (dias de semana) Pe. Nilo Luza, ssp (domingos e solenidades))

Fonte do texto dessa página: https://www.paulus.com.br/portal/liturgia-diaria

Texto desatualizado? Para atualizar, clique aqui.

Compartilhe e Indique:
Demais conteúdos:
» 30/12/2018 | Liturgia de domingo - 30-12-2018 – Sagrada Família de Jesus, Maria e José - (Eclo 3, 3-7.14-17a; Sl 127; Cl 3, 12-21; Lc 2, 41-52)
» 29/12/2018 | Liturgia de sábado - 29-12-2018 - (1Jo 2, 3-11; Sl 95; Lc 2, 22-35)
» 28/12/2018 | Liturgia de 6ª feira - 28-12-2018 – Santos Inocentes Mártires - (1Jo 1,5-2,2; Sl 123; Mt 2, 13-18)
» 27/12/2018 | Liturgia de 5ª feira - 27-12-2018 – S. João Evangelista - (1Jo 1, 1-4; Sl 96; Jo 20, 2-28)
» 26/12/2018 | Liturgia de 4ª feira - 26-12-2018 – Sto. Estêvão - (At 6, 8-10; 7, 54-59; Sl 30; Mt 10, 17-22)
» 25/12/2018 | Liturgia de 3ª feira - 25-12-2018 – Natal de Jesus! - (Is 52, 7-10; Sl 97; Hb 1, 1-6; Jo 1, 1-18)
» 24/12/2018 | Liturgia de 2ª feira - 24-12-2018 – (2Sm 7, 1-5.8b-12.14a.16; Sl 88; Lc 1, 67-79)
» 23/12/2018 | Liturgia de domingo - 23-12-2018 – 4º Domingo do Advento – Ano C – (Mq 5, 1-4a; Sl 79; Hb 10, 5-10; Lc 1, 39-45)
» 22/12/2018 | Liturgia de sábado - 22-12-2018 – (1Sm 1, 24-28; 1Sm 2, 1-8; Lc 1, 46-56)
» 21/12/2018 | Liturgia de 6ª feira - 21-12-2018 – (Ct 2, 8-14; Sl 32; Lc 1, 39-45)

[+] mais conteúdo
 
Total de mensagens escritas por usuários: 0
Deixe sua mensagem
Avaliaremos sua mensagem para depois liberá-la!
 
Nome:
E-mail:
Título:
Cidade:
Estado:
Mensagem:
caracteres

Receba o Vivências diariamente: -Evangelho -Recadinhos -Reflexões

*campo obrigatório