Home » Comunicações Sociais » Nossa contemplação silenciosa

Nossa contemplação silenciosa

“Quando falamos da grandeza de Deus, a nossa linguagem revela-se sempre inadequada e, deste modo, abre-se o espaço da contemplação silenciosa.

Desta contemplação nasce, em toda a sua força interior, a urgência da missão, a necessidade imperiosa de “anunciar o que vimos e ouvimos”, a fim de que todos estejam em comunhão com Deus (cf. 1 Jo 1, 3).

A contemplação silenciosa faz-nos mergulhar na fonte do Amor, que nos guia ao encontro do nosso próximo, para sentirmos o seu sofrimento e lhe oferecermos a luz de Cristo, a sua Mensagem de vida, o seu dom de amor total que salva”. (Papa Bento XVI em Mensagem para o 46º Dia das Comunicações Sociais de 20 de maio/2012)

Compartilhe e Indique:
Demais conteúdos:
» 01/02/2012 | O silêncio de Deus
» 01/02/2012 | Questionar-se em silêncio
» 01/02/2012 | Mensagens breves mas profundas
» 01/02/2012 | Equilíbrio entre silêncio e palavra
» 01/02/2012 | O silêncio nos corações
» 01/02/2012 | Silêncio e palavra se completam
» 01/02/2012 | Comunicações Sociais

[+] mais conteúdo
 
Total de mensagens escritas por usuários: 0
Deixe sua mensagem
Avaliaremos sua mensagem para depois liberá-la!
 
Nome:
E-mail:
Título:
Cidade:
Estado:
Mensagem:
caracteres

Receba o Vivências diariamente: -Evangelho -Recadinhos -Reflexões

*campo obrigatório