Home » Virgem del Cobre » Nossa Senhora del Cobre de Cuba

Nossa Senhora del Cobre de Cuba

Agora em 2012 os cubanos estarão celebrando o ano jubilar pelo IV centenário da imagem de Nossa Senhora. Para as comemorações, está prevista a presença do Papa. Segundo a tradição, a imagem de Nossa Senhora da Caridade do Cobre apareceu em 1612 a três pescadores na baía oriental de Nipe. Foi declarada padroeira de Cuba em 10 de maio de 1916 e coroada pelo Papa João Paulo II em 24 de janeiro de 1998, durante sua visita à Ilha.

A “Caridade do Cobre” é conhecida também como a “Virgem mambisa”, pela veneração dos cubanos participantes das guerras de independência da Espanha, no final do século XIX, e considerada um símbolo de patriotismo e de identidade. Com início em agosto de 2010, a imagem de Nossa Senhora, Virgem da Caridade, peregrinou por Cuba, num itinerário de 30 mil km, partindo de seu santuário El Cobre, de Santiago de Cuba. A peregrinação se encerrou no dia 30 de dezembro de 2011, com uma missa na Avenida do Porto. Em Cuba, a peregrinação da imagem foi vista como expressão do bom momento que as relações entre a Igreja e o Governo vivem desde a reabertura do diálogo, em 2010, entre o Cardeal Ortega e o Presidente Raúl Castro.

Em 2011 Cuba teve Natal especial
No dia 28 de dezembro de 2011, na conclusão da peregrinação nacional pelos 400 anos da descoberta da imagem da Virgem da Caridade do Cobre, padroeira de Cuba, os músicos mais populares de Cuba ofereceram um concerto em praça pública. A festa foi na Praça da Catedral de Havana e, na primeira fila, estava o cardeal cubano, Dom Jaime Ortega y Alamino, ao lado de representantes do Governo e do Partido Comunista.

O Arcebispo Ortega, máxima autoridade da Igreja Católica na Ilha, ressaltou a presença da Virgem da Caridade na história de Cuba e disse que ela se reforçou ainda mais com a procissão feita em todo o país. “Damos graças a Deus porque os tempos mudaram”, declarou antes do concerto, assinalando que “os cubanos viveram um Natal diferente com a presença de Nossa Senhora nas ruas”.
O elenco do concerto teve nomes de vários gêneros e gerações, de pianistas a roqueiros, mas um dos momentos mais aplaudidos da noite foi a versão da Ave Maria de Schubert de Omara Portuondo.

Compartilhe e Indique:
Demais conteúdos:
Não há mais conteúdos para este canal!
 
Total de mensagens escritas por usuários: 0
Deixe sua mensagem
Avaliaremos sua mensagem para depois liberá-la!
 
Nome:
E-mail:
Título:
Cidade:
Estado:
Mensagem:
caracteres

Receba o Vivências diariamente: -Evangelho -Recadinhos -Reflexões

*campo obrigatório